O Centro Sociocultural AGÔ CAPOEIRA foi fundado pelo Sr. Darlan dos Santos Fernandez conhecido na capoeira como Contramestre Busca Longe em 1° de maio de 2016, em Salvador/BA, onde realizamos projetos sociocultural, esportivo, turístico e educacional em bairros como: Arenoso, Base Naval, Cosme de Freitas, Pau da Lima, Pirajá e Sete de Abril, Lobato e em alguns municípios da Bahia como Ibipeba, Xique Xique, Alagoinhas, Catu, Capim Grosso e atualmente em Umburanas  barrigudas do Doutor. A Centro Sociocultural Agô Capoeira está presente em três (3) continentes e oito países: Alemanha, Angola, Brasil, Croácia, Moçambique, Egito e Peru. Onde atua divulgando as culturas populares do estado da Bahia, através da nossa musicalidade, da história do nosso povo, do nosso idioma, das nossas batalhas, da nossa espiritualidade, das nossas vitórias, e sobre tudo da nossa Capoeira. O trabalho da “FAMÍLIA” AGÔ CAPOEIRA visa oportunizar as crianças, jovens e/ou adultos das camadas sociais menos favorecidas, com pouco acesso à formação cidadã, a oportunidade de acesso à prática da Capoeira como mecanismo de transformação, inclusão social e resgate da cultura afro-brasileira. Este trabalho está alicerçado nas múltiplas dimensões da Capoeira, seja ela como luta, jogo, esporte, defesa, ataque, brincadeira, música, dança, coreografia, arte, cultura, folclore, tradição e história. A capoeira é, portanto, uma prática cultural socializadora, que apresenta várias funções, entre elas a de transmitir conhecimentos.
Busca Longe da Bahia


O Centro Sociocultural AGÔ CAPOEIRA foi fundado pelo Sr. Darlan dos Santos Fernandez conhecido na Capoeira como Contramestre Busca Longe em 1° de maio de 2016, em Salvador/BA, onde realizamos projetos sociocultural, esportivo, turístico e educacional em bairros como: Arenoso, Base Naval, Cosme de Freitas, Pau da Lima, Pirajá e Sete de Abril, Lobato e em alguns municípios da Bahia como Ibipeba, Xique Xique, Alagoinhas, Catu, Capim Grosso e atualmente em Umburanas  barrigudas do Doutor.

A Centro Sociocultural Agô Capoeira está presente em três (3) continentes e oito países: Alemanha, Angola, Brasil, Croácia, Moçambique, Egito e Peru. Onde atua divulgando as culturas populares do estado da Bahia, através da nossa musicalidade, da história do nosso povo, do nosso idioma, das nossas batalhas, da nossa espiritualidade, das nossas vitórias, e sobre tudo da nossa Capoeira. O trabalho da “FAMÍLIA” AGÔ CAPOEIRA visa oportunizar as crianças, jovens e/ou adultos das camadas sociais menos favorecidas, com pouco acesso à formação cidadã, a oportunidade de acesso à prática da Capoeira como mecanismo de transformação, inclusão social e resgate da cultura afro-brasileira. Este trabalho está alicerçado nas múltiplas dimensões da Capoeira, seja ela como luta, jogo, esporte, defesa, ataque, brincadeira, música, dança, coreografia, arte, cultura, folclore, tradição e história. A capoeira é, portanto, uma prática cultural socializadora, que apresenta várias funções, entre elas a de transmitir conhecimentos.



logo

Agô Capoeira, tem como finalidade desenvolver a capoeira como um todo, proporcionando ao praticante um aprendizado completo e um desenvolvimento também como ser humano. Acreditando na união, dedicação e respeito dedicado á Capoeira, o grupo se apoia à força do trabalho para o desenvolvimento e fortalecimento natural da família Agô Capoeira.

Agô Capoeira trabalha sempre para o bem estar e desenvolvimento do Capoeirista. A Capoeira é arte, é cultura e acima de tudo deve ser respeitada como luta. Através de uma boa metodologia, preservando a história e raízes da Capoeira, o aluno tem a liberdade de se dedicar e evoluir em todos os seguimentos: na luta, no ritmo e na cultura.

A Capoeira é exigente como luta. Agô Capoeira trabalha em cima do desenvolvimento da técnica, do jogo e prática de movimentação. Com o auxilio do contramestre e de todos os parceiros de treino, o praticante alcançará o domínio da técnica e do jogo de Capoeira.

Agô Capoeira pra todo lado.


Agô Capoeira

Associação dos Moradores do Colina Azul
Rua Colina Azul, 68
41245-000 – Pau da Lima
Salvador Bahia

Segunda, Quarta, Sexta feira:
17:00 – 20:00 horas